Prêmio Press 2014


Home > Agenda > Detalhes do evento
Mostra das obras de releituras de Eva Montoliu

13/06 até 24/06
Espaço Novos Talentos da Assembleia
Praça Marechal Deodoro, 101, Centro.


“Todo artista tem algo que me toca na alma e que me inspira”, assim nasceu a paixão da artista plástica espanhola Eva Montoliu pelas releituras, série de obras que agora serão expostas no Espaço de Novos Talentos a convite da Assembléia Legislativa do RS. Pintores consagrados, como Vincent Van Gogh, Pablo Picasso, Sandro Botticelli, Edgar Degas e Henri Matisse, ganham uma nova interpretação, através do olhar de Eva.

Com uma arte que mistura pintura acrílica, massa e colagem e uma técnica de dobra de papel desenvolvida por Eva, a mostra reflete o perfil da artista pela busca constante do novo. “Adoro revisitar aquele quadro ou aquela obra que já vi muitas vezes e me surpreender a cada novo olhar”. Assim acontece com o trabalho de releituras, nos quais é possível captar a essência da obra original, sem deixar de perceber o novo. “Sempre tem alguma coisa nova, algum detalhe que pode ser retratado de forma diferente,” diz Eva.

A primeira obra de releitura, Sol e Lua, foi inspirada nos trabalhos de Mosaccio e Boticelli. “O Renascimento tem uma estética clássica e contemporânea ao mesmo tempo, ideal para qualquer ambiente. É a beleza clássica que não sai de moda. O retrato de mulher foi a minha primeira escolha como releitura por causa do movimento insinuante nos cabelos. Ele, de turbante, elegante e perfeito para o par”, explica a artista plástica.

Já a tela Aula de Dança foi resultado da procura por uma obra onde Eva poderia misturar a técnica de colagem dos jornais com a pintura. A artista encontrou nas bailarinas de Edgar Degas a imagem perfeita para um contraste inusitado. “E como a França é um dos berços do balé, utilizei o periódico em francês”, destaca Eva Montoliu.

A artista, que iniciou sua carreira nas telas a óleo e acabou seduzida pelo acrílico, é apaixonada pelas pinturas de Van Gogh que, segundo ela, é um gênio que inspira e seduz. Aprecia muito as cores que o pintor utiliza, principalmente, o azul, sua cor preferida. Assim nasceu o quadro Tertúlia, um dos seus preferidos e capa do convite da Mostra. Como o original tem um fundo perturbador, na releitura a colagem do jornal – todos em hebraico, deu leveza à obra. “Termina sendo só alguém tomando café no meio da conversa,” simplifica.




Agenda Cultural
até
05
Nov

O Melhor de Mim - Legendado
Cinespaço Wallig Porto Alegre
até
05
Nov

Tim Maia
Cinespaço Wallig Porto Alegre
até
05
Nov

Até que a Sbórnia nos Separe / 3D
Cinespaço Wallig Porto Alegre
até
02
Nov

Orfeu (RS)
Teatro São Pedro
até
16
Nov

até
06
Nov

Comédia Urbana - Quinta Rindo
Teatro Renascença
até
02
Nov

Mais