Prêmio Press 2016


Home > Notícias > Detalhes da notícia
06/11/2012 - 11:02:42
Jornalista Paulo César Teixeira lança Esquina maldita na Feira do Livro

Na esquina da Osvaldo Aranha com a Rua Sarmento Leite - a Esquina Maldita, como ficou conhecida –, prosperou nas décadas de 1960 e 1970 um gueto boêmio com vida intelectual inquieta e independente, cujos protagonistas foram testemunhas e artífices do surgimento de uma cultura urbana contemporânea em Porto Alegre.

As duas vertentes que ali predominaram – a dos que pretendiam transformar o mundo e a dos que propunham revolucionar a própria vida – produziram uma boemia com ares existencialistas, que oscilava entre o proselitismo e a porra-louquice. Esse traço distingue com nitidez a Esquina Maldita dos demais pontos boêmios da cidade em sua época.

Por uma circunstância ou outra, a Esquina constituiu o cenário de vazão de uma demanda reprimida de anseios e expectativas, como um campo de batalha entre os princípios de prazer e realidade, ou – na linguagem dos gregos antigos – entre Eros e Thanatos.

Reconstituir esse momento privilegiado da história recente de Porto Alegre, por meio do depoimento de mais de 80 personagens que dele participaram, permite repensar criticamente a herança deixada por essa geração de sonhadores, mas também alinhavar algumas de suas conquistas irretocáveis. Afinal, boa parte da cultura cosmopolita construída de modo instintivo e natural nas calçadas da Esquina Maldita se encontra plenamente consolidada nas primeiras décadas do terceiro milênio.

Paulo César Teixeira frequentou a Esquina Maldita na segunda metade da década de 1970, a princípio quando estudava no Julinho e, depois, como aluno do curso de Comunicação Social da UFRGS. Com textos em Istoé, Veja, Época, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Diário do Sul, entre outras publicações, lançou em 2010 o livro Darcy Alves – Vida nas Cordas do Violão (Editora Libretos), biografia do violonista Darcy Alves, parceiro de boemia de Lupicínio Rodrigues. Em 2005 e 2008, Paulo César, o Foguinho, recebeu o Prêmio ARI (Associação Riograndense de Imprensa) de Reportagem Cultural por Um certo Erico Verissimo e A Rua da Margem, ambas publicadas na revista Aplauso.


ESQUINA MALDITA
Dia 07 de novembro (quarta)

18h – Sessão de autógrafos com o autor
Paulo César Teixeira, na Praça Central

08/11 - Pós-lançamento no Bar do Marinho, a partir das 19h30
Confraternização e Homenagem ao Isake
Rua Sarmento Leite, 964 - Cidade Baixa


LEIA TAMBÉM
08/02/2017 - 14:59:43
Trensurb tem novo Diretor-Presidente e Diretor de Operações
08/02/2017 - 11:32:43
O Oscar desfila no Dreamland Dreamland Museu de Cera
08/02/2017 - 11:23:55
Leonardo Posenato abre curso online de mosaico
06/02/2017 - 17:10:14
Curso com o ator Oscar Simch no Teatro Novo DC

Últimas NotÍcias