Abertura das exposições NO DRAMA e Depois do fim

A Fundação Iberê Camargo inaugura, no dia 18 de maio, duas novas exposições que dão início a uma nova etapa em sua programação cultural. Buscando dialogar com outras manifestações artísticas, que vão além das artes visuais, bem como estabelecer interlocuções com os demais campos do conhecimento, as mostras NO DRAMA e Depois do fim se desdobram em atividades que envolvem áreas como música, cinema, literatura e teatro.

NO DRAMA, exposição que apresenta face pouco conhecida da obra de Iberê Camargo, a saber, sua relação com a dramaturgia, foi pensada e desenhada pelo curador Eduardo Haesbaert – artista que conviveu com o pintor, como seu assistente, em sua última e mais penosa quadra de vida. A mostra exibe telas, painéis, fotografias e estudos, e até mesmo um vestido, os quais reverberam o dinamismo de um artista que fazia dos sábados em sua casa, e de suas sessões de pintura, momentos de criação, ilustração e convivência com artistas e intelectuais das mais variadas origens.

Depois do fim, primeira curadoria de Bernardo José de Souza à frente da programação cultural da FIC como seu Diretor Artístico, toma como premissa a ideia de fim do mundo para refletir sobre a produção simbólica, afetiva e material constituída pela humanidade ao longo dos tempos, buscando investigar nossa relação com a natureza, a ficção, o passado e o futuro.

Lista de artistas
Ado Malagoli, Alexandre da Cunha, Alexandre Moreira, Ana Vaz, Anna Franceschini, Avalanche,  Carina Levitan, Carla Borba, Carlos Petrucci, Carlos Pasquetti, Carlos Scliar, Cláudio Tozzi,  Cintia Marcelle, Christiano Lenhart, Eduardo Haesbaert, Elaine Tedesco, Eliseu Visconti, Ernesto Fagundes, Ernst Zeuner, Fernanda Gassen, Fernando Duval, Gabriel Abrantes, Glauco Rodrigues, Hércules Barsotti, Iberê Camargo, João Fahrion, Jorge Macchi, Katia Prates, Leonardo Remor, Leopoldo Gotuzzo, Luciano Maia, Luiz Carlos Felizardo, Luiz Roque, Mana Bernardes, Marcos Chaves, Mauro Fuke, Michel Zózimo, Nelton Pellenz, Patricio Farías, Rosangela Cortinhas, Rodolph Parigi, Rodolpho Bernardelli, Romy Pocztaruk, Saint Clair Cemin, Tiago Mata Machado, Tomás Maglione, Vagner Cunha, Vera Chaves Barcellos, Xico Stockinger, Yves Klein.

SERVIÇO
O QUE | Abertura das exposições NO DRAMA e Depois do fim
ABERTURA | 18 de maio de 2017, das 19h às 21h
VISITAÇÃO | 19 de maio de a 12 de agosto de 2017
HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO| Sextas e sábados (inclusive feriados), das 13h às 18h
ONDE | Fundação Iberê Camargo, Av. Padre Cacique, 2000, Porto Alegre – RS
APOIO | Mule Bule Gastronomia e Tintas Killing
ENTRADA FRANCA

250

249

Leia Também