Orquestra de Flautas Transversas IPDAE faz concerto gratuito na BPE

A Orquestra de Flautas Transversas do Instituto Popular de Arte-Educação (IPDAE) se apresenta no dia 20 de agosto (domingo), a partir das 17h, na Biblioteca Pública do Estado (BPE), com entrada gratuita. Formada por seis músicos, entre os integrantes destacam-se dois ex-alunos do IPDAE, Rafael Marques e Luciano Gularte Corrêa, exímios instrumentistas que atuam como solistas; ambos formados em flauta transversal no Instituto de Arte da UFRGS. A regência é de Ademir Schmidt.

O maestro também assina a adaptação para orquestra de flautas transversas e os arranjos das composições “Rhapsody in Blue” (Gershwin), “Adágio em Sol m” (Albinone) e “Yesterday” ( Mcartney e Lennon). O repertório fará um passeio pela música erudita do período Barroco, com destaque para Pachelbel e Bach, do romantismo de Liszt ao clássico de Beethoven, passando pela contemporaneidade dos Beatles e pela MPB de Luiz Gonzaga, Pixinguinha, Ary Barroso e Ernesto Nazareth. Além dos solistas, participam do concerto Bruno dos Santos, João Pedro Germano Pagliosa, José Vitor Rodrigues Bulso e Sthevan dos Santos Nunes.

Criada em 2011, a Orquestra de Flautas Transversas do IPDAE é resultado do trabalho desenvolvido na classe de flauta transversal da Escola de Música da instituição, tendo como regente e coordenador artístico, o professor e flautista Ademir Schmidt. Nos seus diferenciais estão a rara formação e a difusão da música popular e erudita por meio da flauta transversal. Procura estilizar as músicas, dando uma roupagem o mais fiel possível ao estilo, período e compositor que está sendo interpretado.

Repertório:
-“Rhapsody in Blue” de George Gershwin (1898-1937)
-“Minueto em Sol M” de L. V. Beethoven (1770-1827)
– “Badinerie” de J. S. Bach (1685- 1750)

Solista: Luciano Gularte Corrêa
– “Adágio em Sol m” de T. Albinone (1671- 1750)
– “Sonata em Ré M”, movimentos: I Gravement, II Allemande e V Gayment – J. B. de Boismortier (1689-1755)
– “Humoresque nº 7” – AntonínDvorák (1841- 1904)
– “Invenção nº II e XV” – J. S. Bach (1685- 1750)
– “Rêve D’ Amour” – Franz Liszt (1811- 1886)
– “Canon in D” – J. Pachelbel  (1653- 1706)
– “Habanera” da Ópera Carmem – Georges Bizet (1838- 1875)
– “Yesterday” – P. Mcartney e J. Lennon

Solista: Rafael Marques
– “La Paloma” – S. De Yradier  (1809-1865)
– “Carinhoso” – Pixinguinha ( 1898-1973)
– “Odeon” – Ernesto Nazareth (1863- 1934)
– “Aquarela do Brasil” – Ary Barroso (1903- 1964)
– “Asa Branca” Luiz Gonzaga (1912- 1989)  H. Teixeira (1915- 1979)

Solista: Luciano Gularte Corrêa
– “Tico-Tico no Fubá” – Zequinha de Abreu (1880- 1935)

05

Orquestra de Flautas Transversas IPDAE – Foto: Fábio Rebelo

Leia Também