Ospa celebra a Primavera com concerto especial no Jardim Botânico

A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa) dá as boas-vindas à nova estação em grande estilo. Depois de seis anos sem apresentar concertos no Jardim Botânico da Capital gaúcha, a Ospa, em parceria com a Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), leva o tradicional Concerto de Primavera de volta ao local. No dia 1º de outubro, domingo, às 18h, o maestro Evandro Matté conduz os músicos, ao ar livre, em um programa repleto de trechos de óperas, danças e obras relacionadas a esta época do ano. O evento é aberto ao público, tem entrada franca e conta com os solos de Raquel Fortes (soprano) e André Carrara (pianista).

O maestro Evandro Matté, que é também diretor artístico da Ospa, comenta a importância do concerto na Temporada 2017: “Entre as grandes orquestras do Brasil, a Ospa é uma das que mantêm uma programação mais diversificada. Realizamos concertos em vários locais da cidade e do Estado, abrangendo diferentes públicos. Nada mais sintonizado com nosso perfil do que retornar a um espaço tão importante e querido de Porto Alegre – o Jardim Botânico –, em um grande evento ao ar livre”.

Concerto de Primavera da Ospa

Realização em parceria com a Sema
Quando: Dia 1º de outubro de 2017, domingo
Horário: 18h
Local: Jardim Botânico (Rua Dr. Salvador França, 1427, Porto Alegre, RS)
 
ENTRADA FRANCA
PROGRAMA
Giuseppe Verdi: Abertura de “La Forza del Destino”
Ludwig van Beethoven: Sinfonia nº 5 (1º Movimento)
Giuseppe Verdi: Abertura de “Nabucco”
Giuseppe Verdi: “Caro Nome”, da ópera “Rigoletto”
Johann Strauss II: Vozes da Primavera
Astor Piazzolla (Arr.: José Bragato): Invierno Porteño e Primavera Porteña
Wolfgang Amadeus Mozart: “Rainha da Noite”, da ópera “A Flauta Mágica”
Alberto Ginastera: Malambo
Zequinha de Abreu (Arr.: Jambere): Tico-tico no Fubá
Regente: Evandro Matté (Brasil)
Solistas: Raquel Fortes (soprano) e André Carrara (piano)
3111

Leia Também